A- A A+


Em clima de despedida, o secretário de estado de Turismo, Cultura e Esporte, Cesar Souza Junior, apresentou na tarde desta quarta-feira, 29 de fevereiro, um resumo dos 14 meses de sua gestão frente à SOL. O evento contou com a presença do presidente da Fundação Catarinense de Cultura, Joceli de Souza e a presidente do Conselho Estadual de Cultura, Mary Garcia.

Cesar Souza Junior iniciou sua explanação informando que a SOL conseguiu reduzir em 2011, 40% suas despesas de custeio, gerando uma economia de R$ 7 milhões em comparação ao mesmo período do ano anterior.
O Planejamento Estratégico/UFSC, o início da implantação do Sistema BSC, a qualificação dos colaboradores– 14º salário e a adoção de todas as recomendações do TCE também foram ações desenvolvidas pela atual gestão.
A SOL também investiu na aquisição de 65 novos computadores e novos sistemas operacionais atualizados para otimizar o trabalho dos servidores.

O secretário fez um resumo dos investimentos nas três áreas que compõe a SOL:

Turismo:

Santa Catarina é pentacampeã como Melhor Estado Turístico do Brasil, prêmio concedido pela revista especializada, Viagem e Turismo.  “Isto se deve ao excelente trabalho realizado pelo presidente da Santur, Valdir Walendowsky. A Santur participou de  55 Eventos Nacionais e 25 Eventos Internacionais como a stand da FIT de Buenos Aires. Graças a este trabalho, o número de argentinos, uruguaios, paraguaios e chilenos aumentou em Santa Cataria”, comentou o secretário.
A temporada de verão 2011 foi a melhor dos últimos 5 anos. Foram 5 milhões e 800 mil turistas circulando pelo litoral catarinense. Só para o carnaval foram 42 vôos charter internacionais, o que provocou um crescimento de 15% de movimento no aeroporto Hercílio Luz . Foram 65 Vôos comerciais diários, em média e 18 ônibus/dia chegando em Florianópolis e Balneário Camboriú, provenientes da Argentina, de apenas uma companhia. Também não podemos esquecer do aquecimento do turismo de inverno com o projeto Viva Serra que em três meses atraiu turistas que apreciaram a gastronomia e a cultura da serra catarinense”, afirmou Souza Junior.
Como atração de eventos, Florianópolis é a terceira cidade do Brasil neste tipo de turismo, o terceiro estado do Brasil em número de turistas estrangeiros e o segundo em turismo de lazer. “Para aumentar este percentual e atender a uma reivindicação readequação do projeto original, atendendo reivindicação da comunidade do Norte da Ilha e amanhã será realizada a assinatura da ordem de serviço para enfim retomarmos as obras”, comentou Cesar Souza Junior.

Cultura

Dentro da pasta da cultura, Cesar Souza Junior destacou a reforma do CIC. As Oficinas de Arte foram entregues em março, o Museu de Arte de Santa Catarina
em junho e o Cinema do CIC em dezembro.
Dentre os editais o secretário falou sobre o Edital Elisabete Anderle, um dos maiores do país referente à Cultura, R$ 3 milhões em 2011 e R$ 10 milhões em 2012. “Estamos só esperando algumas pendências jurídicas serem sanadas, já que este é um ano eleitoral. Mas entendemos que o Edital é um fomentador de cultura e não pode ser considerado como concurso público”, argumentou.
O patrimônio histórico recebeu um incremento de R$ 10 milhões. Igrejas como a do Ribeirão das Ilha, São Francisco de Assis e Matriz de São José são exemplos de patrimônios que estão sendo reformados.
A Maratona Cultural com mais 50 shows, 42 peças de teatro, exposições de artistas plásticos, exibição de 50 filmes, folclore, dança, circo, entre outras manifestações culturais atraiu um público de mais de 100 mil pessoas nos três dias de evento. “Isto mostra o desejo da população em consumir a rica cultura catarinense. Com a segunda Maratona o evento será consolidado”, disse o secretário.

Esporte


Projeto Rumo à Vitória contemplou 120 atletas com de R$ 1,5 milhão. Projeto Esporte Catarinense em Ação recebeu R$ 5 milhões 22 federações e 19 associações esportivas.
O secretario lembrou do incentivo ao esporte de alto rendimento: Cimed, Basquete, Joinville, Floripa Futsal, Joiville Esporte Clube, Avai, Figueirense, Criciúma e Chapecoense.
Realização e Apoio a eventos como Troféu Guga Kuerten, a Semana Guga Kuerten, Iron Man, Desafio das Estrelas receberam apoio do Fundesporte.
Foram liberados pelo Fundesporte R$ 15,95 milhões, investidos no calendário esportivo e competições.
Mais de 400 eventos esportivos que mobilizaram 500 mil atletas em 90% dos municípios.

51º JASC: 14 mil atletas, 213 municípios

11ª OLESC: 12 mil atletas, 210 municípios

24º Joguinhos Abertos: 13 mil atletas, 209 municípios

PARAJASC 2011: 2.500 atletas,66 municípios

Festival Escolar de Dança Mário de Andrade:13 mil dançarinos,226 municípios

“Foram 14 meses de muito trabalho e aprendizado. Estamos satisfeitos com o que conseguimos realizar, apesar de sabermos que nunca é o suficiente, mas deixamos políticas e projetos que continuarão e assim manter Santa Catarina uma referência nacional nas áreas de turismo, cultura e esporte”,


JSN Boot template designed by JoomlaShine.com

Desenvolvimento: logo ciasc rodape | Gestão do Conteúdo: SOL | Tecnologia: Open Source | Acesso restrito